A Mãe Sobre Auroville

Um dos principais alvos do experimento que é Auroville é a mudança interior de cada um em si mesmo, e ao mesmo tempo fazer de Auroville um modelo onde a busca de solução material e espiritual para as dificuldades humanas pode ser tentada de uma maneira construtiva. Para facilitar isto a Mãe estipulou um guia prático de princípios.

Saudações de Auroville a todos os homens de boa vontade. São convidados a Auroville todos aqueles que tem sede de progresso e aspiram a uma vida mais elevada e verdadeira.

28.2.1968

A Terra precisa de um lugar onde homens possam viver distantes de rivalidades nacionais, convenções sociais, moralidades que se contradizem, e religiões contenciosas; um lugar onde seres humanos, livres de toda a escravidão ao passado, possam devotar-se completamente `a descoberta e prática da Consciência Divina que procura se manifestar. Auroville quer ser este lugar e se oferece a todos aqueles que almejam viver a Verdade de Amanhã.

20.9.1969

Auroville quer ser uma cidade universal onde homens e mulheres de todos os países possam viver em paz e harmonia , acima de todas as crenças, toda a política e todas as nacionalidades. O objetivo de Auroville é realizar a unidade humana.

8.9.1965

Auroville quer ser a primeira realização de unidade humana baseada nos ensinos de Sri Aurobindo, onde homens de todos os países se sentiriam em casa.

Janeiro 1972

Auroville pretende apressar o advento da Realidade supramental na Terra. É bem-vinda a ajuda de todos aqueles que acham que o mundo não é como deveria ser.

Condições para Viver em Auroville:

Do ponto de vista psicológico, os requerimentos para viver em Auroville são: (1) estar convencido da união essencial da humanidade e ter a vontade de colaborar para a

realização desta união;(2) ter a vontade de colaborar em tudo o que promove futuras realizações. As condições materiais serão elaboradas à medida que a realização prossegue.

19.6.1967

A humanidade não é o último passo da criação terrestre. A evolução continua e o homem será transcendido. Cada indivíduo deve escolher se ele quer participar do advento desta nova espécie. Para aqueles que estão satisfeitos com o mundo como é, Auroville não tem razão de ser.

Agosto de 1966

É verdade que para viver em Auroville um grande progresso de consciência tem que ser feito. Mas chegou o momento em que esse progresso é possível.

Junho de 1968

Auroville é o lugar ideal para aqueles que querem conhecer a alegria e a liberdade de não precisar mais de possessões pessoais.

20.9.1969

Não é para o conforto e a satisfação de desejos que se vem para Auroville; é para o crescimento da consciência e a consagração à Verdade que tem que ser realizada.

A falta de egoísmo é o primeiro requisito para participar na criação de Auroville.

5.11.1968

Auroville é para aqueles que querem viver uma vida divina em sua essência mas que renunciam a todas as religiões, sejam elas antigas, modernas, novas ou do futuro.

Eu quero insistir no fato de que isto será um experimento, é para fazer experimentos – experimentos, pesquisas, estudos.

Auroville quer abrigar pessoas que estão felizes de estarem em Auroville. Aqueles que estão descontentes devem retornar ao mundo, onde eles podem fazer o que querem e onde há lugar para todos.

2.10.1972*
Programa

Pesquisa através da experiência da Verdade Suprema

Uma vida divina mas SEM RELIGIÕES

É absolutamente indispensável ter uma relação que seja não somente cordial mas também amigável com os habitantes das aldeias vizinhas. O primeiro passo para a realização de Auroville é estabelecer uma fraternidade humana verdadeira – qualquer falta a este respeito é um erro grave que pode comprometer todo o trabalho.

Drogas são proibidas em Auroville. Se há alguém que as tomam, eles fazem isto enganosamente. O Auroviliano ideal, ansioso para ser consciente da Consciência Divina, não usa tabaco, nem bebidas alcoólicas, nem drogas.

1971

Q. Que organização política você quer para Auroville?

Uma definição divertida me ocorre: uma anarquia divina. Mas o mundo não entenderá. Os homens têm que se tornar consciente dos seres psíquicos deles e se organizar espontaneamente, sem regras e leis fixas – este é o ideal. Para isto temos que estar em contato com o nosso ser psíquico, temos que ser guiados por ele, e a autoridade e influência do ego devem desaparecer.

28.12.1972

Q. Até que ponto o desenvolvimento de Auroville depende da aceitação da espiritualidade pelos homens?

A oposição entre a espiritualidade e a vida material, a divisão entre os dois, não tem sentido para mim, pois na verdade a vida e o espírito são um e é no trabalho físico e por ele que o espírito mais elevado deve se manifestar.

19.4.1968

Q. Auroville é a única solução para a miséria do mundo e as desordens da sociedade?

Não é a única solução. É um centro de transformação, um pequeno núcleo de homens que estão se transformando e dando um exemplo ao mundo. Isto é o que Auroville espera ser. Enquanto o egoísmo e a má vontade existir no mundo, uma transformação geral é impossível.